© Por Danny Reis, criado com Wix.com

  • Facebook Basic Black
  • LinkedIn Basic Black
  • Twitter Basic Black

January 18, 2018

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Encontrando a minha “praia”

May 21, 2017

Desde o final de 2014, quando terminei meu primeiro curso de tradução (Formação Profissional para Tradutores, pela Abierto Idiomas e Traduções), estava tentando encontrar a minha “praia”, ou seja, minhas áreas de especialidade.

 

Para quem não sabe, os tradutores precisam ter uma (ou mais) áreas de atuação. É simples entender o motivo: nem todo tradutor tem conhecimento suficiente para traduzir contratos, filmes, romances e textos de Engenharia. E dificilmente ele terá tempo para saber traduzir tantos textos diferentes.

 

Até mesmo por isso, existem muitos tradutores formados em áreas diversas como Direito, Farmácia, Engenharia e Contabilidade, por exemplo. Porque, para traduzir, não é suficiente saber falar bem (pelo menos) dois idiomas. É preciso, além disso, conhecer bem a terminologia usada em sua área. Sem falar, claro, nas técnicas usadas na tradução, que são bem diferentes do ensino de idiomas. Daí a importância de uma formação específica.

 

Voltando ao assunto inicial, como sou formada em Comunicação, um caminho bem óbvio seria a tradução de documentos de Marketing, Comunicação Corporativa e Jornalismo. Claro que abracei essas áreas com mais facilidade! Mas ainda faltava alguma coisa...

 

Sempre fui fascinada por livros, então sonhava em traduzir Literatura. Na Pós-Graduação que estou terminando, entretanto, descobri que essa não é uma área nada fácil — o que não é nenhum impedimento, claro. Porém, entendi também que um tradutor literário de espanhol > português pode até dar a sorte de pegar novos autores para traduzir, mas a maior parte de seus livros será de autores clássicos. Esta definitivamente não é a minha preferência em Literatura.

 

 

 

Resolvi, então, tentar a área audiovisual, pois também amo cinema. Fiz um primeiro curso de legendagem e adorei. Fiz um segundo. Mais tarde, fiz uma oficina de tradução para dublagem. Fiquei encantada também.

 

Recentemente, depois de enviar meu currículo para alguns estúdios, quase não acreditei quando recebi meu primeiro trabalho na área: um filme espanhol para traduzir para o português (dublagem).

 

Eis, então, minhas especialidades: Audiovisual (legendagem e dublagem), Literatura — por que não? —, Marketing, Comunicação (Social e Corporativa) e Jornalismo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now